Pioneiro em Famílias Acolhedoras

Atualmente, não existe um serviço de acolhimento familiar na nossa região no Brasil, nem a legislação necessária.

Nosso objetivo de longo prazo é fechar nossas casas de acolhimento, não pelo fato de não haver mais crianças em situação de vulnerabilidade que precisem ser acolhidas, infelizmente sabemos que essa não é a realidade de nossa país e região. No entanto, nossa esperança é que essa demanda será suprida por um serviço de acolhimento familiar de alta qualidade, que garanta a convivência familiar e comunitária, além de um serviço individualizado que potencialize o desenvolvimento integral das crianças e/ou adolescentes de nossa cidade. Neste momento, estamos trabalhando em parceria com o Governo local, o poder judiciário e toda a rede de garantia de direitos para promover e aprovar a legislação necessária para que o serviço de acolhimento familiar seja fornecido em nossa cidade e região metropolitana.

Além disso, também estamos nos envolvendo com a igreja local para tratar sobre adoção, acolhimento familiar e apadrinhamento e como esses temas atingem o coração de nossa fé e como Deus nos adotou em sua família. Há muitas crianças em nossas casas de acolhimento que precisam de uma família em definitivo.

Acreditamos que Deus “coloca o abandando em família…” (Salmo 68) – e não dentro de instituições.
A família é o melhor lugar para uma criança ser criada e é a fonte de amor e apoio que a criança tanta necessita.

Receber nosso boletim e ficar por dentro de tudo que aconteça em ReaViva

Rolar para cima